Colorindo

A importância das cores em interiores e sua influência em nossas vidas tornam-se evidentes quando lembramos que, em média, passamos cerca de dois terços do nosso tempo em ambientes internos. Esse fato pode passar despercebido, mas é claro que a cor influencia e muito no modo como nos relacionamos com o espaço e com as outras pessoas ocupantes deste espaço. 
Para explicar melhor, um bom exemplo é o quarto, onde queremos deixar claros os traços de nossa personalidade. O quarto de dormir é um lugar de descanso e tranquilidade, as cores devem ser suaves e sutis, em vez de nitidas e constantes.
Como a escolha da cor é sempre um desafio na decoração, é importante ressaltar aspectos como:
 -Qual será a função do espaço?
- Qual o tamanho do ambiente?
- O teto é alto ou baixo?
- Você quer ampliar o tamanho deste espaço ou fazer com que ele pareça menor?
- Que cor devo utilizar para combinar móveis, cortinas, iluminação e tornar o espaço agradável e harmonioso?
- Qual a iluminação que esse ambiente deverá ter?
Para tornar o ambiente mais leve, o ideal é não ultrapassar três cores na composição. Mas, todo cuidado é sempre pouco: renovar a pintura da casa traz uma sensação de limpeza e novidade, porém, da mesma forma que uma cor pode nos influenciar positivamente, as cores podem causar sensações não muito agradáveis.
O ser humano é sensível e reage às cores de várias maneiras. Cores quentes nos deixam alegres, transmitem energia, força, enquanto as cores frias acalmam e relaxam. Não esqueça, quanto mais claras as cores, menos energia elétrica você gastará. A a luz do dia iluminará melhor e por mais tempo. O estudo das cores e as reações causadas por elas é chamado de Psicologia das Cores.
Aqui vai um pouco do que cada cor transmite em um ambiente. 

ndicado para ambientes como escritórios e cantos de estudo. Para negócios como bares e restaurantes também é ótimo pois desperta o apetite.
Azul: O azul é a cor que fica entre o violeta e o verde. Assim como o violeta, o azul tem um efeito calmante e é essencialmente tranqüilizante. Como o verde, o azul em alguns casos restaura o equilíbrio emocional ao criar um ambiente mais aconchegante. Cuidado com o excesso de azul, pois poderá provocar sono. A cor é indicada para quem é muito agitado.
Branco: O branco é uma cor que não compromete o ambiente. Visualmente, transmite uma elevada percepção do espaço, o que ajuda na decoração de ambientes pequenos. O branco passa-nos também uma sensação de limpeza – até exagerada. O branco só é branco quando recebe uma luz intensa direta. Locais com a cor branca, trazem uma sensação de mais claridade. Podemos quebrar o excesso de branco de um ambiente com a disposição de móveis com tecidos coloridos, quadros ou outros objetos de decoração.
Laranja: No uso moderado, estimula os sentidos da criatividade e da comunicação. Muito usado em negócios voltados para área de alimentação. Em casa, ambientes como sala de visitas, de jantar e cozinha são as preferidas.
Marfim: O marfim é uma variação do branco para o amarelo, assim como palha ou pastel. É um tom considerado neutro e pode ser utilizado em qualquer ambiente, porém não possui muita vida. Quanto mais suave, mais fácil de combinar com outras cores.
Marrom: O marrom ou castanho nos transmite a idéia de terra. O marrom nos lembra madeira e nos leva para um lado mais rústico da decoração. É considerada uma cor sólida e calorosa, transmitindo sensação de envolvimento.
Preto: É a cor que simboliza sobriedade e drama, assim como sofisticação e glamour. Muito usado na decoração quando em contraste com o branco. Em geral, é usado em pequenos detalhes na casa.
Rosa: O rosa acalma e representa perfeitamente o lado feminino do ser humano. No entanto, a utilização do rosa em excesso é desgastante, podendo transmitir fraqueza emocional.
Verde: O verde proporciona descanso e tranqüilidade, traz mais alegria e vida, ajudando a combater o stress. Para casas onde existem problemas de saúde, o verde é uma ótima idéia. Em locais abertos, complementa madeira e jardins.
Vermelho: O vermelho é uma cor que capta e chama nossa atenção evocando energia e sensualidade. No quarto de casal, ativa a sexualidade, enquanto na sala ou cozinha estimula o apetite e a fala. Um móvel ou uma única parede já é suficiente. Cuidado com o excesso!
Violeta: O violeta é uma cor que traz tranqüilidade, sossego e calma ao ambiente. É muito bom para a saúde. Em casa, os melhores ambientes são os quartos de bebê, e locais de descanso.



Bom, isso não é quase nada do que se pode falar a respeito de cores em ambientes. Esse assunto é muito interessante e vou sempre ter novidades sobre ele. Se alguém tiver alguma dica, pergunta, opinião... fique a vontade!


Aqui um banheiro todo branco que ficou uma graça! A utilização da cor branca fica interessante em cozinhas e banheiros pois transmite a sensação de limpeza que esses ambientes devem ter.




12 comentários:

gamer | 26 de fevereiro de 2011 15:28

que legal seu blog gostei
http://www.diariodealunos.blogspot.com/

Natasha Piervy | 26 de fevereiro de 2011 15:57

olá nós do blog Madness agradecemos pela visita, já estamos te seguindo, segue a gente lá depois também.

Ai um dia eu vou ter uma casa com belos ambientes assim também rsrsr

MADNESS - O BLOG DA LOUCURA!

Eduardo Penteado | 26 de fevereiro de 2011 16:19

Oi
gostei do blog
estou seguindo tb!
gosto desse assunto, quando fala a respeito de designe e decoração de casas.

bom fds :)

thoughts of a modern warrior | 26 de fevereiro de 2011 23:49

Eu acho esse tema interessante. As cores são definidas entre cores vivas e cores mortas.
Existe também as cores frias e as quentes.
Muito bom o texto!!!

thoughts of a modern warrior | 26 de fevereiro de 2011 23:50

Fica a sugestão de você completar o seu texto falando sobre as cores frias e quentes e vivas e mortas.
Pois fazem parte da harmonia da casa ou ambiente.

Luan | 27 de fevereiro de 2011 00:02

Massa, to seguindo; Espero que gostem, seguiu, sem dúvidas vou seguir também!

http://luanbandrade.blogspot.com/

bia santos | 27 de fevereiro de 2011 00:21

Adoro usar as cores em tudo que eu faço...Já conhecia a função de cada uma delas...

Só achei que tem excesso de vermelho nesse blog...

Mas gosto é gosto...

Danilo de Lima | 27 de fevereiro de 2011 00:32

Acho bem interessante a cromoterapia e concordo sim que as cores influenciam o nosso comportamento, o nosso estado de espírito.

Muito bom o post! ;D

http://desquotidiano.blogspot.com/

Mizael | 27 de fevereiro de 2011 00:38

Minha cor preferida é Azul!
E não tenho dúvidas que as cores retratam sentimentos e estado de espírito.

Retribuindo a visita e desde já seguindo tb!
Abraço


http://miizaell.blogspot.com/

Rubi | 27 de fevereiro de 2011 01:05

Sempre tenho problemas com cores.
SEMPRE.
Em qualquer situação, mas como o foco aqui é decoração, prefiro aquelas cores tipo marfim sabe ?
Que combine com tudo!
Ótimo texto.

VinniiAugusto | 27 de fevereiro de 2011 01:14

Interessantee ; )

@tulio_rox | 28 de fevereiro de 2011 23:13

Eu preciso aprender a pintar uahsuash
As dicas são boas, só falta o meu talento que tirou férias kkk =/

_______________________________
Se puder retribuir:
http://entendaque.blogspot.com

Postar um comentário

Comente, dêem sugestões, elogiem ou critiquem mas sejam coerentes ao escrever. Todos os textos publicados aqui são de minha autoria, resultados de pesquisas e estudos que venho desenvolvendo no dia-a-dia, portanto sua opinião é de grande valia para o meu trabalho. Fica então, um convite para você dar a sua sugestão! Grata.